Compartilhe a Verdade

Guilherme Boulos é vítima de boatos e mentiras, desde que passou a representar uma ameaça aos grupos que controlaram o país. Leia aqui a verdade e ajude a divulgar as informações reais.

Veja algumas das mentiras sobre Guilherme Boulos

Ajude a espalhar a verdade!

1) O MTST cobra dinheiro em suas ocupações?

Não. O MTST não cobra nem nunca cobrou nenhum centavo das famílias organizadas em nossas ocupações.

2) O MTST é a favor da cobrança de valores em ocupações?

Cada movimento social possui sua metodologia de trabalho. A prática de extorsão, no entanto, é oportunista e inadmissível.

3) O MTST foi o responsável pela ocupação do prédio que desabou no Largo do Paissandu?

A ocupação vítima do incêndio não era organizada pelo MTST e sim por outro movimento de moradia, o MLSM – Movimento de Luta Social por Moradia.

4) Guilherme Boulos se omitiu diante da tragédia no Largo do Paissandu?

Guilherme Boulos esteve no local da tragédia no mesmo dia do acontecido, se solidarizando às famílias vítimas do desabamento do prédio no Largo do Paissandu. Além disso integrantes do MTST juntamente com outros movimentos de moradia de São Paulo se mobilizaram para discutir estratégias de solidariedade às famílias no local da tragédia.

5) O pai de Guilherme Boulos possui um imóvel ou terreno ocioso e desocupado na Rua Paula Ney, 447, na Vila Mariana, em São Paulo?

Não, o pai de Boulos não possui nenhum imóvel ou terreno desocupado, na Vila Mariana, ou em qualquer outro local. Essas informações estão sendo propagadas por pessoas públicas de má fé, que serão processadas e deverão responder à justiça por seus atos.

6) Boulos nunca morou em uma ocupação?

Guilherme Boulos deixou a casa de seus pais aos 20 anos para morar e atuar em uma ocupação sem teto na zona metropolitana de São Paulo. É conhecido como liderança dos Sem Teto por ficar boa parte de seu tempo nas inúmeras ocupações do movimento, presentes nas periferias de São Paulo e em todo Brasil.

7) Como Guilherme Boulos paga as contas?

Boulos é professor no curso de Pós-Graduação da Faculdade de Medicina da USP, já foi professor da rede pública de ensino do estado de São Paulo, é colunista da Revista Carta Capital e escritor, tendo publicado títulos como “De Que Lado Você Está? ”, “Por Que Ocupamos?”, entre outros. O MTST possui um financiamento coletivo permanente, que custeia boa parte de suas atividades.

8) Guilherme Boulos processará Eduardo Bolsonaro, Augusto Nunes e pessoas que o caluniaram?

Sim, processará! Práticas de injúrias, calúnias e difamações são desserviços prestados à democracia. Todos que cometerem os mesmos crimes terão de responder na justiça.